Casa premiada no Americas Property Awards mistura conceitos em busca de equilíbrio e aponta tendênciaA Concrete House, assinada por Olegário de Sá, faturou o cobiçado prêmio internacional de arquitetura na categoria Single Residence.

Concreto aparente, pedra natural, vidro, deck ecológico, caixilhos e pergolados em alumínio similar a madeira.
São muitos os elementos que formam o projeto que despertou o interesse dos jurados de um dos prêmios internacionais mais conceituados da arquitetura. Apesar de ter um componente em destaque, a Concrete House, assinada por Olegário de Sá e ganhadora do prêmio internacional Americas Property Awards na categoria single Residence, não cabe em uma única definição.

É praticamente impossível passar os olhos por essa construção e não se impactar pela mistura de conceitos. Logo de cara, o concreto aparente estabelece uma harmonia com a fachada linear com réguas de deck ecológico. Circulando entre o rústico e o elegante, o projeto é um belo modelo de design contemporâneo.

Se por um lado, o concreto surge na esteira de tendências como um elemento de destaque, o conceito de sustentabilidade torna-se o complemento ideal dos projetos arquitetônicos.

Americas Property Awards

Na Concrete House, por exemplo, o canteiro de obras foi planejado para evitar desperdícios pelo uso racional de elementos como o concreto, o vidro e a madeira, que facilitaram a utilização da mão de obra e a padronização dos materiais.

Ao optar pelo concreto aparente nota-se também a significativa redução de entulho e resíduos gerados durante a construção quando comparado a alvenarias convencionais de tijolos.

Iluminação natural: mais que um simples recurso estético

Segundo pesquisa da U.S. Environmental Protection Agency (EPA), os indivíduos passam 90% do seu tempo em ambientes internos. Com a incorporação da energia elétrica, as edificações passaram a ser vedadas indiscriminadamente, ficando cada vez mais desconectadas do ambiente exterior.

Portanto, faz todo sentido que exista um movimento em prol da iluminação natural na arquitetura, afinal a luz – muito além de um mero recurso estético – melhora o bem-estar físico e emocional das pessoas.
Mais uma vez, a Concrete House responde a essa tendência. Na casa premiada, a circulação dos dormitórios é marcada por um Domus na cobertura oferecendo iluminação natural e ventilação em toda extensão do corredor social.

O projeto da residência possui por si só troca de ventilação entre os ambientes devido a sua implantação no terreno. Os caixilhos, piso teto, da residência oferecem aos espaços conforto térmico e espaços arejados.

Ficha técnica da Concrete House

  • Área do Terreno: 3.290,00 m²
  • Área Construída Total do Projeto: 815,98m²
  • Condomínio Fazenda Vila Real de Itu – Itu – SP

Saiba mais sobre o escritório de Olegário de Sá

Com sede em São Paulo, o escritório de Olegário de Sá tem em seu portfólio apartamentos de importantes famílias paulistanas, assim como residências em Angola, Rio de Janeiro e Miami.

Hoje, desenvolve simultaneamente projetos para casas na Fazenda Boa Vista, Fazenda da Grama, Marina do Guarujá, Iporanga, Quinta da Baronesa e terras de São José I e II.

Também destaca-se por projetos comerciais relevantes, como as lojas Diesel, Miss Sixty,Vide Bula, Fred Perry e Martha Medeiros, além de prédios como o centro comercial de luxo Pateo Haddock Lobo. As Salas Vips internacionais Gol, Delta, KLM e Air France em Guarulhos (SP) e no Galeão (RJ) também merecem destaque.